Maldito frio.

By J* - 15:40:00

Sim está frio. Está frio em todo o país, e por isso mesmo estamos sob alerta amarelo. Uma pessoa queixa-se, mas lá no fundo nem me importo muito com este frio. Desde que não venha chuva tudo bem. Mas depois vejo as notícias na televisão e confesso que torço logo para que esta vaga de frio passe rápido.
Não vivo num centro urbano. Não estou habituada a ver pessoas a viver literalmente na rua. Mas se já durante todo o resto do ano é mau então em dias como este parte-me o coração ver aquelas imagens na televisão.
Com certeza a muitos de vocês, por serem imagens do vosso quotidiano, acabam por passar despercebidas (não digo isto em tom de crítica, é mesmo porque é natural quando vemos todos os dias as mesmas coisas acabamos por nos habituar), mas hoje de manhã, logo depois de acordar, ver imagens de pessoas que tiveram de recorrer a abrigos, e a estações de metro excepcionalmente abertas para os receber custou.
Chego a casa ao final do trabalho e se estiver com muito frio vou logo tomar um banho quente. No outro dia eu e o meu namorado brincávamos a dizer que em dias de frio o ponto alto do nosso dia era tomar um banho quente. Para além disso, se ainda não ficarmos 100% quentes podemos comer uma sopa e resolvemos o assunto e ainda ficamos de barriga cheia. E por fim ainda terminamos o dia na nossa cama, com um pijama daqueles polares e não sentimos frio de noite.

A maioria de nós revê-se nestas ações. Uns com mais comodismo, outros com menos, mas todos com as mesma rotinas. Todos com aquilo tão interiorizado que não conseguimos dar o verdadeiro valor a esses pequenos gestos que fazem dos nossos dias melhores. Que fazem dos nossos dias com condições. Mas há quem não os tenha. Há quem não tenha uma única destas rotinas e que tornam esses dias muito mais custosos. 

Sei que a intenção de ter as estações de metro abertas para receber os sem abrigo de noite é uma medida que visa protegê-los e dar-lhes algum amparo. Mas no fundo fica a ideia também que não está a ser feito tudo para salvaguardar as condições daqueles humanos. Eles não são menos. Eles não merecem só uma estação de metro aberta umas noites.
Eu sei que não se trata de um assunto de agora. Não existem sem abrigo só em épocas de frio. E também sei que algumas dessas pessoas perderam de tal forma a vontade de viver que simplesmente não querem/aceitam ajuda.
Mas custa imenso queixar-me do frio quando tenhas as condições, e ver que eles por muito que se queixem não conseguem ter nem metade daquilo que eu (muitos de nós) tem.

  • Share:

You Might Also Like

6 comentários

  1. Tens toda a razão. São pequenas coisas que tomamos como certas quando há pessoas com tudo dificultado

    ResponderEliminar
  2. obrigada pelo comentário <3
    concordo com tudo o que disseste e mais gente devia ter isso em atenção

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente contigo! Também me custa queixar do frio quando me lembro que há pessoas em (muito) pior situação que a minha.

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo, às vezes queixamos-nos mas não sabemos a sorte que temos em ter uma casa para domir ..

    ResponderEliminar
  5. Concordo com o que disseste os sem - abrigo existem durante o ano inteiro
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar