E esse Natal correu bem?!

By J* - 12:06:00

E então esse Natal, foi bom?! Hoje é dia de responder a esta pergunta! 
O meu correu bem dentro do que era possível e previsível. 
As prendas não foram surpresa e ainda tenho algumas para receber, afinal de contas o natal é quando o homem quiser!
Ora quando há reunião de família implica sempre que se fale sobre tudo. Tudo mesmo. E por isso lá veio o tema dos bebés mais uma vez. Eu não levo a mal que me perguntem. É normal, já namoro há muito tempo, já estamos juntos há outro tanto e a sequência seria um bebé. 
O facto das pessoas perguntarem não me ofende nem um pouco. Respondo o que acho que devo responder, o meu namorado se quiser responde o que ele acha ( que é um bocadinho diferente do que eu acho) e a conversa deve morrer por ali. 
Mas há sempre quem tenha mais alguma coisa a dizer. Há quem não fique contente com a resposta que lhe dou e tem de se pronunciar mais um bocadinho. E é aí que já não acho grande graça. Dizer-me que com 27 anos estou a ficar velha para ter filhos então aí pára tudo! Nunca foi minha intenção ser mãe jovem. E muito menos se não tivesse condições financeiras para o poder ser. Neste momento já não sou uma jovem é certo mas também não sou nenhuma velha. As condições financeiras já são uma bocadinho diferentes mas a questão da idade não está de todo a preocupar-me porque não me sinto de todo velha. A questão da idade do namorado quando mais velho é que já é outra coisa.
Isto tudo para dizer que quando a família se reúne é comum falar sobre os avanços da vida uns dos outros. Casamento, filhos, trabalho. Faz parte. E é bom quando vemos que há evolução. A vida é mesmo assim. Os anos vão passando e nós vamos evoluindo. Com esta idade já não estou no mesmo patamar que estava há 5 anos atrás. 
O que não me parece bem é que se imponha as nossas ideias aos outros. O que para uns é uma certeza de vida casar e ter filhos para outros pode não ser. E mesmo que até sejam comuns estes desejos de vida não precisam de se realizar todos pela mesma ordem cronológica.
Nisto da vida, não há verdades absolutas. Não há certezas. Não há tempos certos.

Por isso cabe-nos a nós respeitar o tempo e vontade de cada um. Mesmo que nos pareça despropositado, ou sem lógica. Também me custou a aprender. Várias vezes achei estranho a relação de uns, e a maneira como encaravam a vida em casal. Mas se o casal está bem assim, então nem é preciso opinarmos rigorosamente nada.

Vamos então ser felizes, cada um ao seu tempo, da sua forma, sem fazermos juizos de valor e muito menos sem nos intrometemos na vida de cada um!


  • Share:

You Might Also Like

5 comentários

  1. Oh miúda eu tenho 26 e nem tenho namorado. A idade é só um número, não precisas de te preocupar com isso. Não ligues. ;) beijos e boas festas!!

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Às vezes falta exactamente isso, o respeito. Nem toda a gente quer ser mãe, e quem quer não tem que ter as crianças logo aos 20. A minha mãe teve-me com 2 anos e depois ainda teve mais 3, por isso, há mais que tempo.

    Um beijinho grande**
    Vinte e Muitos

    ResponderEliminar
  3. O tema casamento e filhos é inevitável quer quando nos reunimos em família ou até a nível social. Há pessoas que não compreendem, nem lhes cabe na cabeça que pode haver pessoas que simplesmente não querem casar ou ter filhos!! Não é obrigatório seguir este "ritual". Tb já passei por isso e bem sei como é chato e às vezes até desagradável mas o melhor é desvalorizares. O importante é o que tu e o teu namorado querem :)
    Beijinho e Boas Festas

    http://sosweetgirlythings.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. deve ser super irritante estar sempre a levar com esse tipo de comentários...
    hoje em dia cada vez as mulheres são mães mais tarde e acho muito bem, devem aproveitar a juventude para si próprias e não correr para ter um filho e um dia mais tarde pensar que desperdiçaram os seus melhores anos...
    beijinhos https://ratsonthemoon.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. E que bem escrito. Não diria melhor. um beijo

    ResponderEliminar