Boa!!!

By J* - 21:42:00

Ontem o dia começou da melhor forma. Bateram-me no carro!
Estava estacionado, eu estava no meu local de trabalho e fui abordada por duas pessoas a perguntar se o carro x era meu.
Quando me disseram acho que fiquei sem reação. Alguém tinha passado nesse momento viu a batida e viu que quem bateu resolveu seguir a sua vida. Escreveu num papel a matrícula, a marca e cor do carro e entregou nos bombeiros que se situavam ali perto. Foram eles que me vieram avisar.

Lá fui ver quais eram os estragos e não é nada de especial. Está arranhado, está amolgado, mas não é assim tanto.
Mas se deixarmos esses riscos e amolgadelas aumentarem daqui a nada temos o carro pronto para a sucata. Por isso dirigi-me às autoridades e fiz a participação.



E é aqui que fico incrédula. Pensava eu que depois de comunicar às autoridades eles tratariam de tudo junto dos seguros. Mas não. Tenho de ser eu a entrar em contacto com o seguro, comunicar o que aconteceu, e depois é que tentam contactar o seguro da outra viatura.
A mim (que sou uma ignorante nestas coisas) parece-me descabido este procedimento.

Então há 3 partes envolvidas nesta participação. Eu, a GNR, e o meu seguro. E eu é que tenho de dar andamento a tudo, quando eles é que possuem toda a informação. Afinal de contas eu só tenho uma matrícula. Não tenho forma de descobrir a identidade do outro condutor. Sou a interessada mas daí ter feito a participação às autoridades o resto deveria ser tratado "internamente". Mas não. Ando eu agora a preencher declarações amigáveis, com pouquíssima informação para que depois o seguro se digne a tentar descobrir o condutor "fugitivo".
E no meio disto tudo, este condutor já mandou o seu carro para uma oficina, já não tem qualquer marca no carro, e quando algum perito for lá não haverá qualquer vestígio da batida. 

  • Share:

You Might Also Like

3 comentários

  1. Há uns tempos atrás também bateram no carro do meu pai, e fizeram-lhe exatamente o mesmo. Teve que ser ele a tratar de tudo. Acho mesmo ridículo, eles é que deviam tratar da situação, não são os cidadãos!
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente existem cada vez mais situações deste género e os seguros pelos quais pagamos tanto ainda nos "lixam" o quanto podem. Beijinhos e boa sorte*

    ResponderEliminar
  3. Cada vez mais incrédula com os nossos serviços ...

    ResponderEliminar