Coisas que me tiram do sério...

By J* - 11:37:00

Há muitas é um facto. Não é por acaso que o namorado está sempre a dizer que me enervo com pouco! Tem toda a razão.

Hoje falo-vos daquelas mães que gabam os filhos até não se aguentar mais ouvir uma única palavra da boca delas referente aos mesmos! Acho que chego a ficar stressada com tanta coisa que ouço.
Não, não estou a falar das mães de bebés. Não é desse género de mães. É mesmo das mães já de adolescentes, jovens e até mesmo adultos que acham que os seus filhos são a última bolacha do pacote. 
Eu acho óptimo que as mães (pais) valorizem os seus filhos! Que lhes dêem os parabéns nas suas conquistas, que estejam presentes nos caminhos profissionais e pessoais, que lhe reconheçam o seu valor. Aliás acho isso essencial! Nunca tive isso da parte do meu pai, mas a minha mãe sempre soube reconhecer o meu valor e nunca deixou de me aplaudir naquilo que conquistei. O que eu não concordo é que para valorizar um filho se tenha de rebaixar o de outros.

Porque se um colega entrou num Instituto Politécnico o comentário que sai da boca dessas mães é : "Politécnico para o meu filho? Isso é abaixo das capacidades dele!".
Porque se alguém tira melhor nota que o filho num teste tem de haver sempre uma desculpa, ou copiou, ou teve sorte, ou foi benefício dos professores.
Porque se alguém entra na universidade e o filho não, são capazes de começar com a conversa de que desconfiam que não vão lá durar muito tempo.
Porque se a vizinha do lado for a um casamento linda de morrer a teoria é que gastou fortunas para ir assim, e a filha dela só por ter gasto menos é que estava perfeita.
Porque se o amigo arranja emprego mais rápido, apressam-se logo a informar: "Foi cunha" com o intuito de justificar o porquê dele já ter emprego e o filho não. Ou então dizem que o emprego não é nada de especial e que nunca sujeitariam o filho a algo assim.

E tantas, mas tantas coisas que eu já ouvi dessas ditas mães!
Eu também tenho uma mãe. A minha mãe também fala de mim (e do meu irmão) com outras mães, e com pessoas que não o são. A minha relação com a minha mãe é muito, mas muito próxima. Tenho a certeza que na minha adolescência a minha mãe era das mães que mais sabia sobre a nossa vida (minha e das minhas amigas). Em momento algum, fez algum comentário depreciativo sobre qualquer filha/o de alguém. Quando não concordava com alguma coisa era a mim que me dizia. Quando alguém falava sobre os filhos e os elevava num pedestal a resposta dela era sempre a mesma: "Eu sei bem quem tenho em casa".
E não, este comentário não era usado num sentido negativo, no sentido de me desvalorizar. Era mesmo num sentido de consciência. Ela melhor do que ninguém conhecia (e conhece) os meus defeitos e qualidades, tal como a a minha forma de reagir em imensas situações. E dizia vezes sem conta que "não se deve cuspir para cima porque nos pode cair em cima" (acho que é assim!!!).
Eu não sou mãe. Ainda não estou por dentro do mundo da maternidade. E se querem que vos seja sincera, cada vez tenho mais medo desse mundo. Cada vez me parece mais cruel. Mais egoísta. Ou se calhar sempre foi assim e eu só agora é que me começo a aperceber disso.


  • Share:

You Might Also Like

8 comentários

  1. Detesto pessoas que acham que o que têm em casa é melhor do que o que está na casa dos outros e então aqueles putos que só fazem porcaria e as mães estão sempre a defendê-los mete-me nojo!

    https://norwegian-heart-portuguese-blood.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Compreendo bem o que falas! E depois também acham que sabem dar educação aos filhos dos outros e não sabem dar aos deles.

    welovecr.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Concordo completamente!! Já me está a acontecer- entrei num politécnico (o meu curso só há em politécnicos) e as colegas da minha mãe começaram logo a comentar :p
    É ignorar mesmo!
    Beijinhos
    Joana
    https://curlyhairandlipsticks.wordpress.com/

    ResponderEliminar
  4. Nem me digas nada, não suporto mais assim. O pior é que muitas das vezes esses 'enalteceres' não são verdade!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // GANHA UMA BEAUTY BOX!

    ResponderEliminar
  5. Também me irrito imenso com esse tipo de mães!

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Também não suporto esse tipo de pessoas, tiram-me mesmo do sério.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Há pessoas que acham que o que é delas é sempre melhor...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  8. Parece que partilhamos pelo menos uma coisa que nos tira do sério. Para além de irritante acho mesmo triste de se ver, concordo plenamente contigo, há que apoiar e valorizar os filhos, mas sem nunca inferiorizar os outros.

    Beijinhos :)
    https://naosouacristina.blogspot.pt/

    ResponderEliminar