04 agosto, 2017

Adolescentes!

Tenho um primo com 14 anos. É um adolescente portanto. Já é meu segundo primo, mas a ligação é próxima e considero-o meu primo direito como é o pai dele.
Nestes últimos dias temos andado a fazer umas caminhadas nocturnas. Eu, o namorado, o meu primo e a esposa, uma vez que o adolescente de 14 anos não quer vir connosco (dizem que ser visto perto dos pais não contribui em grande coisa para o estilo)!
Ontem à noite, nas nossas caminhadas, a mãe contava-me que ele tinha saído com os amigos. Estão de férias, daqui a nada começam as festas do concelho e eles lá andam nos preparativos.

Hoje quando ligo o facebook tinha uma mensagem do meu primo adolescente de ontem às 21 horas que dizia assim:

"J* olha tu agora vais com os meus pais ao cafe e tp eu vou sair tas a ver n podes fazer um tempinho la com eles?"




Não vamos falar desta linguagem, e desta forma de escrever, sem pontuação, ou acentos que me obrigou a ler duas vezes a mensagem porque à primeira leitura não conseguia entender!
Vamos antes falar da comédia que é o meu primo adolescente pedir-me para aguentar os pais (que ele por acaso acha "cotas" mas que são bastante novos) para ele poder aproveitar mais a noite!

O que eu me ri agora de manhã! Ri-me ainda mais porque eu não vi a mensagem a tempo e horas logo não o consegui ajudar.

Mas achei super engraçado ele tentar "aproveitar-se" de mim para conseguir ter mais uns minutinhos com os amigos.
Está nessa fase, e eu lembrei-me de como também eu tentava aproveitar os minutos com as minhas amigas até ao último. Não gostava de ser a primeira a vir embora, porque podia acontecer alguma coisa após a minha saída e depois eu não tinha oportunidade de vivenciar aquilo na primeira pessoa, mas só através de relatos. 
Está a iniciar a fase de viver as coisas intensamente. 

E eu com tudo isto começo-me a sentir velha. Porque acompanhei o nascimento dele, e o seu crescimento. Vi-o dar os primeiros passos, dei-lhe muito colo, brinquei muito com ele, cedi-lhe muitas vezes o meu computador para jogar, passei muitas tardes de verão na piscina com ele, e agora vejo-o querer voar. Já é mais alto que eu, a voz já está a mudar, já sai à noite com os amigos, preocupa-se com o físico, e já "deita um olho" às meninas...
Confirma-se, é adolescente ( e eu velha) !



7 comentários:

  1. Ahahah muito bom mesmo! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Tenho uma prima com 15, que por sorte tem uns pais super liberais, sai até quase as mesmas horas que eu!!

    ResponderEliminar
  3. Adorei ler esta "história", deu para rir um bocadinho eheh :)

    Mil beijinhos,
    www.lifewithju.com

    ResponderEliminar
  4. Ahahah mt bom :)

    Queridaaaa apaguei o teu comentário, desculpa :(

    ResponderEliminar
  5. Pois! Nada a fazer e a vida passa depressa demais!

    ResponderEliminar