24 junho, 2017

Só a mim!


Sabemos que estamos a precisar de férias quando a meio do nosso trabalho nos lembramos que temos de entregar uns documentos semi importantes ao nosso pai à hora do almoço e chegamos a casa e esses documentos desapareceram.

Na nossa mente esses documentos vieram na nossa mão mas, como estavam juntos com o casaco provavelmente caíram no meio da rua enquanto me dirigia para o carro. Ou então à porta do carro. Ou à porta do escritório. Ou mesmo à saída da porta interior, o que indicaria que estavam no corredor que só nós usamos. 

No meio de tantas dúvidas almoça-se a correr, e voa-se novamente até ao escritório na esperança de que os documentos estivessem caídos na porta interior do escritório ou na da rua porque associariam aqueles documentos ao nosso trabalho/escritório. Mas se os documentos estão caídos na rua então com certeza não será fácil descobri-los, e pior quando há alguma urgência nos mesmos.

 Constata-se que na rua não estão, na porta interior também não e só pro descargo de consciência dá-se uma espreitadela para dentro do escritório. E mesmo de luz apagada (porque o escritório era o último lugar a procurar) é possível verificar que os documentos estão nada mais nada menos que pousados em cima da secretária. Portanto, os documentos nunca saíram daquele lugar. 

WTF? 

A juntar a isto já liguei para pessoas que como não atendiam, retomavam a chamada num curto espaço de tempo, e quando me perguntavam o que pretendia eu já não sabia o que era. E ainda uma ida ao continente que enquanto falava ao telemóvel com o namorado ele me perguntava o que é que eu lá tinha ido fazer, e respondi assim numa resposta meia sem certezas que tinha ido ver alguma coisa para jantar. Mas ao mesmo tempo que dizia isto sentia que não era isso que lá tinha ido fazer. E até o expressei em voz alta enquanto falava com ele. Até que levantei o olhar e deparei-me com a worten e lembrei-me que eu só lá tinha ido porque o telefone de casa da minha mãe, que estava avariado, já estava pronto a ser levantado. 

Ora então, ou férias, ou internamento certo?


Ah e entretanto lembrei-me que também esta semana depois de falar com o meu pai no local de trabalho dele e do meu irmão ao sair para me dirigir ao meu carro, abro a porta, já estou com uma perna lá dentro e apercebo-me que aquele carro é ligeiramente mais baixo que o meu. Olhando bem aquele carro nem parecia o meu! Pois... Não era! Era o do meu irmão! Ri-me sozinha da situação, aparentando ser mais maluca ainda!!!!

5 comentários:

  1. Eu quando estou cansada também só faço distrações dessas xD. É normal, estás cansada, acontece a todos.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Acho que precisas mesmo é de férias, estou quase a chegar a esse ponto de "esquecimento" e distração :P

    ResponderEliminar
  3. Sim, estás mesmo a precisar de férias (;

    ResponderEliminar
  4. Acontece me tatas vezes coisas desse género.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar