09 março, 2017

This is us.

Estava a ficar sem séries. Neste momento só estava a acompanhar Anatomia de Grey, e The Walking dead. Num dia, enquanto fazia a minha viagem casa-trabalho, ouvi numa das rádios, publicidade à série This is us.
Este fim de semana resolvi dar uma espreitadela a esta série e ver se gostava ou não. Neste momento já estou a ver os últimos episódios emitidos.



This is us conta a história de uma família numerosa. Desde o namoro dos pais até à data atual, em que os três filhos já são adultos e estão a tentar formar a sua vida.
Os pais, Rebecca e Jack fazem um casal fantástico. Sinceramente foi o que mais me atraiu nesta série, foi a relação destas duas personagens, uma com a outra e também com os filhos. Um casal jovem que se casou, e tentou formar família. Tiveram a surpresa de saber que iam ser pais de trigémeos. E a história desenrola-se a partir daí.  Nem tudo corre bem no dia do parto, mas a verdade é que eles tiveram os três filhos e fizeram de tudo para os educar e criar da melhor forma que souberam. 




Jack é a personagem, para mim, mais completa. Marido, pai, companheiro, amigo e trabalhador, são as características desta personagem que nos faz ficar agarrado à série, com todos os desenvolvimentos que ela tem.



A série decorre de forma natural, fazendo passagens entre a vida atual desta família (já sem alguém) e o antigamente, quando este casal ainda estava no seu início.
Atualmente a série foca-se nos três filhos: Randall, empresário de sucesso, casado, com duas filhas, mas que sofre por ter sido adoptado, e a busca pelo seu pai biológico vai alterar a sua forma de encarar a vida; Kevin, divorciado, estrela de um programa de televisão que não o completa profissionalmente, emocionalmente instável, e muito dependente da irmã, é o bonitinho da família, mas é o que mais duvida das suas capacidades; e Kate, que sofre com o seu excesso de peso, mas que procura ajuda, e encontra a sua alma gémea num desses grupos de ajuda.



Fiquei completamente rendida a esta história, por ser muito natural e simples. Podia ser vivida por qualquer um de nós. Acima de tudo esta série valoriza o conceito de família, e de amor, seja ele pela sua alma gémea ou pelos seus filhos. Com muitos defeitos esta família, vai tocando a sua vida, e é reconfortante ver como aqueles pais (completamente apaixonados um pelo outro) lutaram para formar uma família tão bonita.
Apesar de algumas partes cómicas, já fiquei com a lágrima no canto de olho várias vezes.








Aconselho vivamente a acompanharem esta série! 




9 comentários:

  1. Ainda não comecei a ver mas tenho estado a gravar os episódios! Fiquei super curiosa pelo conceito que apresenta e tenho a certeza que vou amá-la! A tua review deixou-me ainda mais ansiosa :)

    Beijinhos
    Andreia, ALL THE BRIGHT PLACES

    ResponderEliminar
  2. Eu comecei a ver esta série e estou apaixonada! Tanto me estou a rir como a chorar "rios"!
    Beijinhos,
    BabyLú
    http://www.luciaffmoreira.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. O mundo parou para ver esta série! Tenho de espreitar um episódio!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
  4. Tenho ouvido comentários muito bons a esta série. Um dia destes vou ver :)

    ResponderEliminar
  5. Ainda não vi porque ainda me estou a atualizar nas muitas séries que sigo mas esta será certamente uma próxima aposta! Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Esta é daquelas que quero muito começar a ver!! Mas queria ver tudo de seguida... ;)

    ResponderEliminar
  7. Olá, td bom?
    Eu n conhecia essa série, mas achei bem interessante pelo q vc disse, pena eu n ter netflix :/
    bjs

    Blog: Skull Minds | Twitter | Tumblr | Pinterest | WeHeartIt | Instagram Snap: maisaindia

    ResponderEliminar
  8. Já comecei a ver e agora não quero outra coisa. A história é simples e as personagens muito reais, qualquer pessoa os consegue entender num o noutro momento, fazendo coisas positivas ou negativas. É a vida a acontecer, ali naquela série.
    Bjs

    ResponderEliminar