18 janeiro, 2017

Catalogar.

Sou uma pessoa extremamente observadora. Não sou daquelas que quando estamos a falar para elas nos estão a tirar as medidas de cima a baixo, sem sequer nos olhar na cara (DETESTO!), não é nesse sentido que estou a falar. Refiro-me a gestos, expressões que vou captando aqui e ali de alguém e depois acabo por catalogar essa mesma pessoa. Não sei se é defeito ou qualidade, afinal de contas nem sempre acerto, mas assim que conheço alguém e vou começando a ter alguma convivência com ela, reparo no que costuma fazer e dizer.

Aliás há pessoas que até acho que tem cara de um nome qualquer, e até pode não ser esse, mas na minha cabeça ficam gravadas com o nome que eu acho que tem cara!!!
Isto tudo para dizer que gosto de observar pessoas. Muito mais que paisagens, gosto de perceber como reagem, como se expressam, como comunicam.
Talvez por isso goste tanto de falar, de interagir com as pessoas e de me sentir à vontade com elas.
Escrever no blogue acaba por ser mais uma série de desabafos, confissões, teorias mas que não traz o melhor da comunicação, que para mim é a interação e o poder de observar os outros para os entender.
A escrita pode ser mais libertadora, porque para mim até o é, mas o comunicar frente a frente é muito mais verdadeiro, e muito mais interessante.
Ver quem fala com as mãos (eu!), quem ri com os olhos, quem abre a boca de espanto, quem gesticula quando está furioso (eu,eu,eu!), ou quem abana a cabeça em sinal de negação, quem solta gargalhadas que lhe vem da alma, e chora assim que lhe levantam a voz, quem torce o nariz em sinal de descontentamento, quem eleva a voz quando está a ficar sem resposta, quem está tão nervoso que nem consegue respirar entre as palavras, quem muda o tom de voz para falar com bebés, quem anda na rua de passo super acelerado, quem rói as unhas, e tantas mas tantas mais expressões e gestos que catalogam quem somos. Só é preciso saber ler... 


5 comentários:

  1. adorei o post ^^
    beeijos
    www.bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Que texto verdadeiro! Irrita mesmo falar com quem olha para o outro lado e não para os nossos olhos, né? Acho que nós blogueiros somos tão observadores que conseguimos traduzir todas as nossas experiências positivas em palavras <#

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderEliminar
  3. Neste preciso momento sou precisamente o contrário, pouco ou nada reparo nas pessoas no entanto há uns bons anos atrás era tão observadora quanto tu! Parece que o tempo vai-nos realmente mudando...

    Beijinhos, Hellen ❤
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Também sou bastante observador :)

    Sigo

    ResponderEliminar
  5. Eu creio que tenho dias que sou mais observadora que outros. Mas sem dúvida que conseguimos, através de determinados sinais, ler as pessoas.

    ResponderEliminar